Uma infraestrutura de TI bem preparada afasta ameaças virtuais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Uma infraestrutura de TI deve estar sempre preparada quando o assunto é segurança, e isso envolve abranger tecnologias, processos e usuários envolvidos em uma teia de proteção de rede, controle de aplicativos e gerenciamento de endpoints, e claro, sem comprometer a produtividade, o desempenho do ambiente e as tarefas dos usuários.

No dia a dia das empresas, os colaboradores estão constantemente conectados e eventualmente abrem a porta para invasores digitais, mesmo sem intenção. As pistas estão por todos os lugares, nas redes sociais, por exemplo, hackers criam e-mails e mensagens direcionadas para instalação de programas maliciosos nas redes ou via SMS e Whatsapp.

O mundo virtual, exige alguns cuidados, visando garantir a proteção contra imprevistos e ameaças virtuais. São cuidados importantes a serem adotados, tanto no uso de tecnologias na vida pessoal quanto no ambiente corporativo.

Vamos entender?

Você sabe quais são os princípios básicos da segurança da informação, segundo os padrões internacionais?

Confidencialidade: acesso às informações somente por pessoas autorizadas;

Disponibilidade: Ter acesso a informação sempre que necessário;

Integridade: Garantir a integridade das informações e alterações, de acordo com as regras de responsabilidade;

Autenticidade: Garantir a autenticidade das informações registradas.

As empresas sofrem sérios riscos quando não dedicam a devida atenção a segurança da informação, mas tomando os devidos cuidados com algumas dicas práticas, e cuidado com os princípios básicos da segurança da informação, é possível remediar a situação.

Vamos conferir algumas dicas?

Falhas encontradas em softwares, sistemas operacionais e drives, estão entre as principais portas de acesso para os hackers, por isso, os fornecedores de segurança constantemente lançam novas atualizações, corrigindo as falhas que permitem esse tipo de ação para tornar os sistemas mais seguros. Por isso, os gestores de TI precisam estar atentos às práticas de atualizações com regularidade.

Ação inadequada de usuário é uma forma comum para facilitar os problemas de segurança da informação. Um exemplo comum é a exclusão de um arquivo importante, que não estava presente em nenhum backup feito anteriormente e disponível sem controle de permissão por área ou hierarquia.

Quanto menos pessoas acessarem os dados, menores serão os riscos de erros como o descrito acima, entre outros. Com o controle de acesso organizado, diminuem-se as chances de vazamento de informações confidenciais ou estratégicas.

Todos os colaboradores da empresa fazem parte do processo de segurança da informação e interferem no acesso às informações, seja por meio da criação de documentos, acesso à dados, facilitando a entrada de malwares com uso inadequado, etc.

É primordial estabelecer normas de conduta e políticas de segurança que devem ser seguidos por todos. Trata-se de um documento que normaliza as regras utilizadas nas empresas e reduz as facilidades que permitem a ação de cibercriminosos ou falhas que comprometam os arquivos.

Com o documento de políticas de segurança em mãos, é necessário alinhar os processos da empresa. Algumas alterações podem ser sutis, e outras exigirão reestruturação de toda a empresa, sendo necessário a realização de um planejamento prévio para implementação. Qualquer mudança, atuação, implantação de novo sistema, requer planejamento, tempo e preparação de acordo com o documento de políticas de segurança.

Para evitar confusões, sanar dúvidas e eliminar ações indevidas, é imprescindível realizar um treinamento com todos os envolvidos, a fim de equiparar a conduta de todos, bem como orientá-los sobre as medidas básicas de segurança.

O treinamento é fundamental para uniformizar os procedimentos em caso de problemas. Saber como agir na hora do problema é fundamental para que em casos reais, os colaboradores ou envolvidos não tomem decisões precipitadas e por conta própria.

Saber o que acontece em toda a rede, garante mais eficácia a segurança, afinal qualquer tipo de conduta errada ou inadequada, vulnerabilidade, mudança nos padrões de acesso, deverá ser percebida imediatamente e só as ferramentas de monitoramento são adequadas para essa finalidade.

O backup será sempre a garantia de se algo der errado, será possível encontrar as informações perdidas. É uma recuperação eficiente e pode ser feito por meio de um servidor externo, HD externo ou na nuvem.

A criptografia impede que arquivos sejam acessados quando interceptados no meio do processo. É uma ferramenta que pode e deve ser utilizada no envio de informações estratégicas e confidenciais, evitando a ação de hackers.

Finalmente, conte com uma empresa especializada no assunto. Um gerente de segurança de dados, por exemplo, saberá reconhecer os problemas e recomendar as melhores soluções sem comprometer a saúde do seu negócio.

Quer saber mais sobre segurança da informação? A Agasus, empresa especializada em locação eficiente de TI conta com uma equipe treinada e certificada para atender as suas dúvidas. Nossos equipamentos são locados com toda a segurança necessária e também aderimos à política de segurança de cada cliente customizando as soluções e normas de procedimentos.

Consulte a nossa equipe!

suporte

suporte

Deixe um comentario

Fique por dentro das novidades

Prometemos que não receberá Spam! todos seus dados estão seguros em nosso site certificado SSL.